Nem Abraão, nem Moisés, nem Elizeu, nem Gideão, nem Elias, nem Davi, nem Pedro, nem Paulo (nenhum apóstolo, principalmente os modernos -, PAIpóstolo + Patriarca... "cruz credo"!), nem Maria, nem papa, nem igreja (nenhuma), nem pastor, nem religião (nenhuma) -, Só tenho JESUS CRISTO como ÚNICO FUNDAMENTO (tá bom!?).

Blog criado para honrar somente o NOME do autor e consumador da nossa fé (DEUS CRISTO)! Porque DELE, e por meioDELE, e para ELE são todas as coisas. A ELE, pois, a GLÓRIA ETERNAMENTE AMÉM! ROMANOS Cp 11 Vs: 36


Aloísio, cooperador de CRISTO JESUS

terça-feira, 12 de julho de 2011

A VERDADEIRA JERUSALÉM E O VERDADEIRO ISRAEL DE DEUS


 

11 – SOBRE A VERDADEIRA JERUSALÉM E O VERDADEIRO ISRAEL DE DEUS


... “E me transportou, em espírito, até a uma grande e elevada montanha, e me mostrou a santa cidade, Jerusalém, que descia do céu, da parte de DEUS” (Ap 21: 10)...




Vemos uma grande disputa entre judeus e palestinos por causa de Jerusalém. Muito sangue derramado entre irmãos, sim, porque tanto judeus como palestinos são filhos do mesmo pai, a saber: Abraão. Sendo que os israelitas são filhos de Abraão com Sara sua esposa, já os palestinos de Abraão com Agar a serva.

Mas sabemos que biblicamente, Jerusalém pertence aos judeus. Jerusalém tem tanto haver com os judeus, que eles são chamados de filhos de Jerusalém (Joel 3: 6); (Mt 23: 37) e (Gálatas 4: 25).


Foram esses mesmos filhos de Jerusalém, representados por Caifás sumo sacerdote, escribas e anciãos, que condenaram JESUS a morte (Mt 26: 57; 66). Foram esses mesmos filhos de Jerusalém que cuspiram, deram murros, esbofetearam o rosto de JESUS e disseram: profetiza-nos, ó CRISTO quem te bateu! (Mt 26: 67-38)


Foram esses filhos de Jerusalém, que entraram em conselho contra JESUS, para o matarem; e, amarrando-o, levaram-no e o entregaram ao Governador Pilatos (Mt 27: 1-2).


Foram esses filhos de Jerusalém, que escolheram Barrabás a ser solto, quando Pilatos lhes deu a opção de quem deveriam liberar Mt (27: 21).


Foram esses filhos de Jerusalém, que chamaram para si a responsabilidade do sangue de JESUS CRISTO dizendo: caia sobre nós o seu sangue e sobre nossos filhos! (Mt 27: 25) E CAIU...!


Desde que os filhos de Jerusalém (judeus), fizeram tudo de mal contra o Autor da vida (Atos 3: 15); foi que a maldição os apanhou. O sangue de DEUS CRISTO está sobre Israel –, Jerusalém, seus filhos. Isso é muito sério!


Se o sangue de Abel clamava a DEUS (Gn 4: 10), imagine o sangue de JESUS?!


Se Caim foi amaldiçoado por toda terra, terra essa que abriu sua boca, para receber o sangue do inocente Abel, derramado pelas mãos assassinas de Caim; imagine que grande maldição se encontra Jerusalém -, Israel e seus filhos?! A história mostra o que eles têm sofrido.


O apóstolo Paulo, falando dos judeus (filhos de Jerusalém) para os tessalonicenses, disse que eles – mataram o SENHOR JESUS e os profetas, são perseguidores, não agradam a DEUS, são adversários de todos os homens, impediam que os gentios ouvissem a palavra da salvação. E conclui: A ira, porém, sobreveio CONTRA ELES DEFINITIVAMENTE (1 Ts 2: 15-16).


Agora vamos ver o que disse JESUS em Mt 23: 37-38-39


Jerusalém, Jerusalém! Que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes quis eu reunir os teus filhos, como a galinha ajunta os pintinhos debaixo das asas e vós não o quisestes! Eis que a vossa casa vos ficará deserta. Declaro-vos, pois, que desde agora já não me vereis, até que venhais a dizer: Bendito o que vem em nome do SENHOR!


Vamos entender:

1 – Os que matavam os profetas e apedrejavam os que lhes foram enviados. Foram os filhos de Jerusalém (judeus).

2 – Vossa casa ficará deserta. Sem JESUS: vidas, casas, igrejas, religiões e sinagogas são vazias... Aliás, tudo que não tiver JESUS fica vazio...!

3 –... Até que venhais a dizer: Bendito o que vem em nome do SENHOR!

Só diz bendito o que vem em nome do SENHOR a pessoa recebe JESUS como SENHOR de sua vida..., tanto Judeus e não judeus. Sem distinção...!

Se com a tua boca confessares a JESUS como SENHOR, e em teu coração creres que DEUS o ressuscitou dentre os mortos, será salvo. Porque com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa a respeito da salvação (Rm 10: 9-10). Ler também (Atos 4: 12).


Agora quero fazer uma pergunta para muitos evangélicos: Porque tanta fascinação por Israel e Jerusalém? A resposta em minha opinião é a falta de conhecimento. Digo tendo como exemplo eu mesmo. Pois outrora, na minha ignorância espiritual, que por sua vez, leva a falta de conhecimento; sentia-me frustrado por não ter conhecido Israel terrena e pisado na “terra santa”. Há de se convir, que os caminhos para chegar a Jerusalém terrena, são muitos..., Mas o caminho para chegar a Jerusalém celestial, só um (Jo 14: 6).

Mas graças a DEUS, que por sua graça; revelou-me que o importante não é uma “terra santa”, e sim pessoas santas (separadas), como vocês que estão lendo essa mensagem. Glória ao SENHOR...!


Quero dizer ainda: Mesmo que alguns citem, que está escrito na bíblia, que devemos orar por Israel e pela paz em Jerusalém (Sl 125: 5) e (Sl 122: 6), digo por revelação e com firmeza...! Eles mataram a PRÓPRIA PAZ, a saber: JESUS CRISTO!

É impossível Paz sem CRISTO!


Ademais, nós que recebemos JESUS CRISTO é quem somos o VERDADEIRO ISRAEL DE DEUS (tanto judeus como gentios, um só povo).

POIS SOMOS FILHOS DA PROMESSA (Rm 9: 8).


Nossa súplica (oração) a favor de Israel é para que sejam salvos (Rm 10: 1). Mas sabemos que para que a salvação os alcance, é necessário que venham receber JESUS como SENHOR e SALVADOR de suas vidas como citei antes.


Também: A Jerusalém terrena não tem nada haver conosco, pois essa está e escravidão com os seus filhos (judeus) (Gl 4: 25).


Nossa mãe é a Jerusalém lá de cima, essa é livre...! Gl 4: 26

E ASSIM, IRMÃO, SOMOS FILHOS NÃO DA ESCRAVA, E, SIM DA LIVRE (Gl 4: 31). 
POR Aloísio